segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Parceria pode ser solução para o problema do lixo no Brasil


O aprofundamento das questões ambientais em todo o mundo despertou também o Brasil para a necessidade de discutir o problema do lixo proveniente das residências, comércios e indústrias. O governo brasileiro elaborou o Plano Nacional de Resíduos Sólidos, cuja versão preliminar já está disponível na internet para consulta.
O documento, que será amplamente discutido com a sociedade para, então, ser validado em Brasília, traz um panorama do tratamento dado aos resíduos sólidos gerados no país e sugere metas, algumas ousadas, como a eliminação total dos lixões até 2014.
A discussão do plano está apenas começando. Mas é um passo importante para a mudança de cenários urbanos e rurais, onde montanhas de lixo se acumulam e nelas materiais importantes que poderiam ser reciclados.
Embora o país ainda não tenha um plano de resíduos consolidado, existem experiências bem-sucedidas no Norte do país, que sinalizam ao menos uma preocupação em fazer diferente, mesmo que em nível local. São iniciativas que nascem do compromisso de fazer melhor e de resguardar o futuro das próximas gerações no meio da Amazônia.
 A seleção de resíduos já é realidade em Porto Trombetas, no Oeste do Pará, área de atuação da Mineração Rio do Norte (MRN). A empresa assumiu o compromisso de orientar os habitantes da vila para os cuidados com o lixo e, bem mais que isso, cuidar para que materiais recicláveis tenham um destino adequado.
O envolvimento dos moradores de Porto Trombetas com a gestão responsável do lixo não é recente. A vila, que pertence ao município de Oriximiná, foi o primeiro lugar do Brasil a receber a certificação da norma ISO 14001, ainda em 2001. A norma, que tem reconhecimento internacional, define o que deve ser feito para estabelecer um Sistema de Gestão Ambiental efetivo, garantindo o equilíbrio entre a manutenção da rentabilidade de uma empresa e a redução do impacto ambiental.
Fonte: Amazonas Sustentável

Sem comentários:

Enviar um comentário